Seguidores

novembro 07, 2008

Um dia...



Um dia, não importa o dia, não importa o ano, nem mesmo a hora...
Um dia, os homens despertarão para a vida e descobrirão o verdadeiro sentido de viver.
Um dia, será possível o vizinho da frente ser amigo do vizinho do lado. Será possível o ser humano entender que ser humano é humano, não é máquina, ás vezes erra e por isso deverá ser perdoado. Será possível ver as pessoas sorrindo, saudando umas as outras.
Um dia será possível amar o sol, agradecer a chuva, repartir o pão.
Um dia, não importa quando, será possível visitar um doente sem que ele seja nosso parente. Será possível visitar orfanatos e cárceres. Será possível amar, sem procurar motivos para isso.
Um dia, será possível fazer elogios sinceros e recebê-los igualmente. Será possível se alegrar com a alegria do outro. E se sentir amado, dando amor ao outro. Nesse dia, muitos continuarão tendo o supérfluo e todos possuirão pelo menos, restritamente, o necessário.
Um dia, não importa o dia, valerão mais e mais ações e boas intenções, que puramente um gesto bonito.
Um dia, não haverá nenhum preconceito. Todo amor será permitido, toda luta valorizada. A vida deixará de ser um campo de batalha pela sobrevivência para se tornar um templo de amor. O homem de negócios terá tempo para pensar no próximo, o político encarará seu cargo como oportunidade de fazer algo a seu semelhante.
Um dia, não importa quando, os 365 dias do ano serão vividos como se fosse NATAL, com pessoas se confraternizando, desejando o bem comum, comemorando-os.
E o dia 25 de Dezembro será como o dia do nascimento de um menino que nos dá tanto, e que como presente daremos a ELE a alegria de nos ver vivendo como uma única e grande família, todos na perfeita união. E as luzes que se acendem em nossos corações se fundirão numa única LUZ, representando o imenso amor de Deus.

Um dia...

Quem sabe um dia..."
(autor desconhecido)

2 comentários:

Azuir disse...

UM DIA CHEIO DE BELEZA.

Muito bonito o texto e faz muito bem para a alama da gente.
pra gente acreditar sempre em alguma v=coisa que valha a pena.
A pior coisa é a orfandade de sonho e de ideal.
Este texto anima e desperta para acreditar sempre.
Jesus nasceu e esta vivo em todos lugares como que vendo nossos pensamentos, palavras e orbras.
Temos de acreditar e proceder de conformidade para a vida valer a pena e o mundo ser melhor.
Adorei fazer essa visita neste local táo especial.
Azuir

edson marques disse...

Eluza,


obrigado pelos comentários deixados no blog Mude!


Ontem fiquei pensando nas belas metáforas da mitologia cristã. Hoje escrevi um pouco mais sobre elas.


Abraços, flores, estrelas..