Seguidores

fevereiro 02, 2011



Dentro de mim existe uma criança que só quer sorrir
correr pelos campos com a alma liberta
sem problemas e sem o minimo de pressa
Tenho em mim desejos de liberdade
de acordar cedinho para ver os bichos no pasto
e tomar banho de chuva no mato gasto
Quero ter tempo para acompanhar a metamorfose
das borboletas que tanto me encantam
Correr atrás dos monstros que me espantam
Quero que a criança que existe em mim
não se transforme também em adulto
gente sempre ocupada achando que sabe tudo
Me basta apenas saber o essencial
não me interessa ter todas as respostas
não quero uma independencia imposta
Vou me levantar pra ver o arco-iris roubando a chuva
as trovoadas sacudindo o céu no inverno
lembrar só do céu e esquecer do inferno
A criança que há em mim é pequena mas madura
almejando a realidade dos sonhos de amor
do mais profundo desejo ao mais eterno sabor.
C. Lira



2 comentários:

Cristina Lira disse...

Tem selinho no meu blog pra vc..
Valeu pela visita e obrigada por seguir,viu?
Bjos no coração!!!

José Carlos Francisco disse...

Minha Doce Criança

Ela tem um sorriso que parece e
Me faz lembrar de memórias da infância
De quando tudo era fresco
como o brilhante céu azul
Agora então, quando vejo seu rosto
Ela me leva para aquele lugar especial
E se eu olhasse muito
Provavelmente perderia o controle e choraria
Minha doce criança
Minha doce amada
Ela tem olhos do azul mais celestial
Como se eles pensassem na chuva
Eu odeio olhar naqueles olhos
E ver um traço de dor
Seus cabelos me lembram um lugar quente e seguro
Onde quando eu era criança eu me escondia
E rezava para o trovão e para a chuva
Calmamente passarem por mim
Minha doce criança
Meu doce amor
Para onde vamos?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos?
Minha doce criança

Guns N' Roses
(um presentinho prá você...)
jcarlos