Seguidores

fevereiro 04, 2008

Luis Gonzaga


" Quando eu vim dos sertão,

seu moço do meu Bodocó

a malota era um saco

e o cadeado era um nó

só trazia a coragem e a cara

viajando num pau de arara

eu penei,

mas aqui cheguei... '

3 comentários:

Edson Marques disse...

Eluza,



o Gonzagão é encantador, sempre!


Abraços, flores, estrelas..

Lua Durand disse...

Ele chegou aqui, trazendo nas notas que saiam de sua sanfona, sorrisos.

O Rei do baião.

Poeta da terra, que tem uma música linda.

Assum preto.

"Tudo em volta é so beleza, sol de abril e a mata em "frô"..."

beijos, au revoir.

Anônimo disse...

Eluza Sensacional esta coletanea, voce realmente surpreende... muito bom mesmo...
Quantos monstros sagrados da nossa cultura não estão sorrindo agora, hein?
Muito bom, Beleza...

Valter