Seguidores

dezembro 01, 2009

numa fotografia



Não sejas como a névoa, nem quimera.
Demora-te,
demora-te assim:
faz do olhar
tempo sem tempo,
espaço
limpo
– do deserto ou do mar.

EUGÊNIO DE ANDRADE

Um comentário:

ETERNUM disse...

Encantador as palavras de Eugénio de Andrade em sintonia perfeita com as imagens criteriosas ...

Abraço Eternum
tua Maria