Seguidores

julho 20, 2010

Sono dos inocentes



Fiquei tentando entender o quanto deve ser difícil para uma mulher ter que protagonizar a imagem da Pietá, a virgem que segura o filho morto nos braços, aos pés do calvário.
...

Recolher o filho do chão, aconchegá-lo ao colo e despedir-se dele definitivamente.
...

O meu sofrimento perde a sua força quando eu o coloco ao lado dessa mulher.
...

Recorro a essas palavras de Pe Fábio de Melo para entender melhor o maior sofrimento submetido a uma mãe que é a morte de um filho.
Agora, lendo o noticiário na internet, tomei conhecimento da perda de Cissa Guimarães, seu filho de apenas 18 anos morreu vítima de atropelamento.

Minha nossa! como é difícil imaginar isso, como magôa,
como se faz sentir o quanto pequenos somos diante do inesperado,
do indesejado, é cruel demais... .

Filhos não têm esse direito, grita meu coração!
não podem nos abandonar,
filhos são feitos para cuidar dos pais até o final,
velhos, já esquecidinhos,

trocando palavras, balbuciando besteiras e até mesmo repetindo histórias do passado tão presentes na memória.
Quem vai dar papinha na boca como foi feito com êles?
quem enxugará suas lágrimas?
quem ajudará a aplacar a morbida solidão?.
Solidária estou na dor de todas as mães que tiveram suas perdas
e as que hoje vivenciam essa trágica experiência.

Oh! mães! sinto pela ausência de seus filhos. Pela partida precoce .
Peço a Deus que me livre desse pesadelo.
Não há consolo humano, só Divino.
Resta a Fé, resta acreditar mães,
que a Virgem Maria abraça seus filhos que já se foram
da mesma maneira que tomou Jesus nos seus,
- A Virgem la Pietá,
e os
faz dormir em seu colo, o sono eterno dos inocentes.
Lu Barros


Um comentário:

мαясєllα Ϟ disse...

Oi, vim pedir um favor =)
vota na minha entrevista?
http://www.veetminhaprimeiravez.com.br/marcella-giroldo

Quem vota tb ganha um kit veet!
bjos*

www.marcellagiroldo.com