Seguidores

janeiro 11, 2008

NADA COMO O TEMPO!, por Mário Quintana

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa,você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o "alguém" da sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.

O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

"O AMOR É IGUAL A UMA BORBOLETA,QUANDO VOCE TENTA PEGA-LA, ELA FOGE, MAS QUANDO VOCE TA DISTRAIDO, ELA VEM E POUSA EM VOCE!!!!!!!!!!!!!!"

2 comentários:

Maraglai disse...

Ola!!!
Adorei o teu blogg
E com este poema do Mario ficu mais lindo ainda

patrick disse...

OO muito maça o "Teu Poema".

uashauhsuahsuahushas

é pra pablynne ta..